Português 

Ushuaia: fim da linha…>>

01-03-2007

«(...)
Há dias em que acordo mal disposto. Macambúzio, soturno, sem alento, imobilizado numa inércia desconfortável até surgir qualquer coisa que me motive. Mas hoje não. Hoje acordei radiante, refeito, preparado para seguir caminho, a pensar que já estão resolvidas as fronteiras e que é tudo alcatrão até Ushuaia. Ter conseguido dormir aqui em San Sebastian foi um golpe de sorte. Último quarto. Tive que pagar um duplo, mas ainda assim foi um golpe de sorte. O que são 12 euros por um quarto duplo? Nem queria pensar na alternativa de seguir viagem mais 80 km até Rio Grande. O valor do dinheiro não é nada intrínseco ao número que o representa. Se não houvesse vagas, pouco me adiantaria alegar que estava disposto a pagar… sei lá… o dobro ou o triplo! Depois de um bom pequeno-almoço, abasteço, corrijo a pressão dos pneus e preparo-me para arrancar viagem, levando as meias-calças térmicas vestidas, joelheiras de lã e uma camisola interior extra. Fico preocupado ao aperceber-me que pouco mais trunfos de roupa tenho, e ainda assim sinto frio nos joelhos, nas mãos, no pescoço (se o fecho vai mal apertado), e de um modo geral todos os ossos se ressentem. Concluo que não estou necessariamente mal equipado, está é demasiado frio para andar de mota! Ainda antes de partir cruzo-me com Hiro, um japonês que veio de jipe desde Los Angeles com mais dois ...
(...)»


Leia na íntegra esta e outras crónicas no livro BuenaYork!

BuenaYork: O Livro
Deixe o seu comentário

Nome:
E-mail:
Titulo:
Texto:
Código:
35.000 km
15 countries
7 months (Jan-Ago 07)
30 travel chronicles